Sustentabilidade econômica – sua relação com a energia solar

Você já ouviu falar de sustentabilidade econômica? Nossos recursos naturais estão se esgotando rapidamente. No mês de julho de 2021, um mês antes do ano anterior, alcançamos a triste marca de esgotamento de recursos naturais para o ano. 

Esse tipo de dado, associado as mudanças climáticas constantes, estão alertando cada vez mais as pessoas sobre a necessidade de transformações práticas e reais no método de consumo e como geramos nossa energia.

Entenda como esse conceito vai muito além de práticas que visam a preservação ambiental, mostrando práticas que afetam toda a sociedade. Confira:

Sustentabilidade econômica: do que se trata?

Pode parecer um termo bem simples, mas representa grandes ideais para um mundo mais sustentável e preservado. Em suma, é uma economia que equilibra as necessidades da população, porém, com práticas efetivas para limitar o uso dos recursos naturais. 

Evitando, dessa maneira, que futuramente o planeta consiga gerar os recursos, sem prejuízos. A terra possui um limite para repor os bens que ela produz. Logo, um consumo desenfreado desses recursos naturais, irão sobrepor essa capacidade de regeneração, levando a extinção deles. 

Mas, se engana quem pensa que a sustentabilidade econômica se limita na preservação do meio ambiente. Ela é dividida em três pilares, que norteiam seus ideais:

  • Ambiental: uso consciente e equilibrado dos recursos naturais;
  • Social: a preocupação com o direito a dignidade de vida de todas as pessoas;
  • Econômico: Produções e distribuições, considerando o consumo consciente.

Logo, a sustentabilidade econômica convida toda a sociedade a voltar seus olhares para todos os processos da economia, com um olhar crítico e profundo, considerando todos esses pilares nessa avaliação.

A transformação social sobre o tema, é irreversível. Há não tanto tempo, a única coisa que importava para as empresas era o lucro primeiro. E, aos consumidores, comprar desenfreadamente.

Hoje, é perceptível a preocupação social, crescendo a pressão sobre governo e empresas. É preciso ações efetivas para reduzir o impacto ambientais – economizando recursos – e estratégias visando o bem de todas as pessoas.

Como isso se relaciona com a energia solar?

Se um dos primórdios que norteiam essa proposta, é a preservação e uso consciente dos nossos recursos, a energia solar é uma das soluções! Por mais que a geração tradicional de energia – as hidroelétricas – sejam consideradas “limpas”, elas não são sustentáveis.

Para se ter uma ideia da magnitude de uma instalação da usina, é preciso observar todo o projeto. Todo o bioma – fauna e flora – é modificado permanentemente na região escolhida. 

O rio sofre desvios, deixando áreas que antes eram secas em áreas úmidas e vice-versa. Os animais e plantas daquele bioma, podem sofrer consequências gravíssimas. Além disso, é uma geração que fica refém das condições climáticas. Em épocas de seca, se aciona uma forma totalmente poluente para suprir as demandas energéticas.

As usinas termoelétricas, utilizam o calor provindo da queima de combustíveis fósseis para gerar a energia necessária. Além de ser mais caro que a hídrica, ele produz os mesmos gases do efeito estufa. Nada limpa, não é?

Porque a energia solar é 100% renovável?

Ela é considerada uma das gerações totalmente sustentáveis, porque utiliza a melhor e inesgotável fonte de energia – os raios solares. O sistema fotovoltaico utiliza suas células e placas, ligado a um transformador, para gerar sua energia elétrica.

Além de não poluir ou gerar resíduos, a durabilidade de um sistema é impressionante: com todos os cuidados e manutenções preventivas, pode durar por até 30 anos. Fora, sua capacidade de poupar até 95% na sua conta de luz. Bom para o meio ambiente e bom para o seu bolso.

Os benefícios para empresas:

Os negócios são grandes beneficiados com a utilização da energia solar. Afinal, a conta de luz é um peso muito grande para as companhias, especialmente as que tem grandes maquinários e gastam muito. 

Todo esse dinheiro, é um valor perdido, visto que nunca será retornado para sua empresa. Fora que, se torna refém dos constantes aumentos e uma eminente crise energética nunca vista. Confira algumas das principais vantagens para empresas:

  1. Selo de empresas sustentável: clientes estão se tornando grandes defensores das mudanças trazidas pela sustentabilidade econômica. Usar energia solar, permite que um dos selos de empresa sustentável seja disponibilizado, o que é atrativo para clientes;
  2. Redução de custos: o sistema, em pouco tempo, se paga e começa a gerar uma grande economia. Com esse dinheiro, você pode reinvestir no que realmente importa – o crescimento do seu negócio;
  3. Independência das concessionárias: com as crises hídricas e falta constante de energia, sua empresa se prejudica. Ter um sistema fotovoltaico, vai te dar segurança e independência para seu negócio nunca parar.

Os benefícios são inúmeros e são grandes possibilidades para crescer sua empresa. Se você quer saber mais sobre essa fonte renovável, acesse nosso site e conheça mais sobre como ela está transformando a economia do Brasil.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *