Energia solar e busca profissional na área

A busca por mais sustentabilidade e energias renováveis e mais baratas é uma tendência que veio para ficar. Não dá mais para ignorar, ou fingir que essa mudança não está ocorrendo. E a energia solar em São Carlos é referência para todo o país.

Mas esse movimento não beneficia somente os consumidores, que conseguem diminuir seus custos com energia elétrica e ainda serem mais autônomos. A economia da região também é fortalecida e, em épocas de crise como a que vivemos, a geração de empregos começa a se acelerar. Entenda mais a seguir:

Energia Solar em São Carlos: um aquecimento na geração de empregos

A pandemia que assolou o mundo causou grandes e significativos impactos na economia e geração de empregos. Com isso, se instaurou uma insegurança em diversos setores.

Porém, a geração fotovoltaica, demonstrou que está na contramão dessa tendência. Segundo dados da ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), a projeção de crescimento de empregos nesse setor para o ano de 2021, é de até 70%.

No ano de 2020, o total de empregos gerados foi 86 mil. Para o ano de 2021, serão mais de 110 mil postos de trabalho, o que em números gerais, representam mais de 370 mil empregos diretos gerados pela geração de energia solar.

Os aumentos abusivos e insustentáveis na conta de energia, associado a pior crise hídrica vivenciada em 90 anos, acelerou mais o processo e busca por esse método limpo de geração.

E a Energia Solar em São Carlos não fica fora dessa tendência e acompanha a geração de empregos no setor. Isso, estamos citando empregos diretos – existe também o fortalecimento de postos de trabalhos de outras indústrias e serviços atrelados a geração fotovoltaica.

Aumento na procura de especialização e qualificação

Visto a crescente demanda dessa mão de obra, não é de se estranhar que os cursos e especializações profissionais, também tenham sentido um significativo aumento na procura por essas formações.

Um levantamento feito por uma das empresas especializadas em formações sobre energia solar, a Elektsolar, mostrou que no último ano a procura teve um acréscimo de 50%, quando comparado ao ano anterior.

Além disso, outras plataformas de ensino tradicional, como o Senai, também notaram um aumento expressivo nas inscrições e matrículas das suas especializações no setor. E isso é uma ótima notícia para a geração de energia solar em São Carlos, que precisa de mão de obra qualificada para suprir as demandas crescentes de instalação.

Energia fotovoltaica é muito mais do que uma forma de gerar energia

A energia solar traz diversos ganhos, tanto para quem instala, como para toda a sociedade. Ela é uma fonte 100% limpa, renovável e não poluente, o que é um ponto fundamental, especialmente frente ao momento que o planeta demonstra os efeitos já catastróficos da ação humana.

Mas, também está se mostrando uma indústria sólida e com boas prospecções de crescimento. Isso para a economia e geração de empregos – que está sofrendo com as crises econômicas – é um sinal claro de esperança por dias melhores.

Investimentos públicos crescem anualmente, com estruturas bem definidas e destinadas para o setor. E isso atrai ainda mais o investimento privado, que busca medidas sustentáveis para aportar dinheiro.

A geração fotovoltaica é bom para todos, principalmente para um país que quer estar junto ao futuro. E claro que a Energia Solar em São Carlos irá acompanhar essa tendência e continuar sendo referência para São Paulo e todo Brasil.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *