Energia tradicional x energia solar: qual a melhor opção atualmente?

Para um negócio ser bem-sucedido e ter um fluxo de caixa saudável, reduzir custos é fundamental. 

E, um dos gastos que mais onera uma empresa, são os de consumo, como energia elétrica.

Com o aumento dessa conta, cada vez mais está se pensando qual a melhor opção: energia tradicional x energia solar.

Quando falamos em investimento, é sempre necessário muito planejamento e estudo para analisar a viabilidade e rentabilidade que ele vai trazer. E, a instalação das células fotovoltaicas é uma maneira de se investir, que precisa ser levada em conta.

Se você está nesse momento de pesquisa, para avaliar qual é a melhor alternativa para você e seu negócio, chegou no lugar certo. 

Vamos fazer essa comparação entre energia tradicional x energia elétrica e te ajudar nessa compreensão. Vamos lá?

Primeiro, vamos compreender as diferenças

Antes de avaliar a melhor alternativa entre energia tradicional x energia solar, é preciso entender como funcionam os dois sistemas. 

Energia tradicional

A energia tradicional, é gerada de duas principais formas: 

  1. Usinas hidroelétricas: a energia é gerada através de turbinas que giram por conta da força da água dos rios, passando pelas distribuidoras de energia e assim chegando na sua empresa.
  2. Usinas termelétricas: elas geram energia através da queima de combustíveis. Por conta de sua complexidade, o custo de geração é muito elevado, sendo essas instalações acionadas em último caso, como em momentos de estiagem, ocasionando as bandeiras tarifárias na conta de energia.

No modelo tradicional, a geração de energia é centralizada nas companhias que controlam as usinas. Elas vendem o que foi gerado para as distribuidoras, que levam a energia elétrica até o consumidor final e fazem a cobrança.

As empresas geradoras e distribuidoras de energia tradicional ganham diversos incentivos governamentais. Além disso, a falta de concorrência e monopolização dessa geração, deixa o consumidor “refém” dos preços estipulados – especialmente em épocas de estiagem e utilização das usinas termelétricas.

Energia solar

A geração de energia solar ocorre através da captação dos raios solares, pela captação realizada pelas placas fotovoltaicas. As placas convertem a luz em energia que é distribuída e armazenada pelo gerador do sistema.

Uma das principais características desse modelo, é que ele é uma fonte limpa e renovável de energia. Ou seja, ela não precisa da queima de combustíveis ou interferências no meio-ambiente para cumprir seu propósito.

Além da possibilidade de ser instalada em uma residência ou espaço comercial, ela não se limita a esse modelo individual.

Assim como seu par tradicional, a fotovoltaica também pode ser gerada por campos e fazendas solares e distribuídas para o consumidor final. Mas, por um custo bem reduzido e enxuto. 

Então, entre a energia tradicional x energia solar: qual a mais vantajosa?

A geração e distribuição da energia tradicional é muito cara e sofre diversas interferências – especialmente ocasionadas pelas sazonalidades. 

Abaixo, vamos deixar um pequeno comparativo entre energia tradicional x energia solar, mostrando as vantagens e desvantagens de cada modelo.

Energia tradicional

Vantagens:

  • Suas usinas – de geração e distribuição – já estão bem estruturadas e consolidadas;
  • Dá a possibilidade de automação na sua operação, reduzindo alguns custos;
  • Atende a mais de 90% da população brasileira e chega a lugares afastados.

Desvantagens:

  • Alto custo de geração, instalação e manutenção – que é repassado ao consumidor final.
  • Exige manutenção regular e frequente;
  • Impacta diretamente na natureza: nos rios acaba com o ecossistema e as termelétricas geram gases nocivos à atmosfera.
  • Grandes oscilações no preço e alto custo para o consumidor.

Energia solar:

Vantagens:

  • Fonte limpa e praticamente inesgotável de energia;
  • Novos investimentos e mais empresas fabricantes dos painéis, faz com que os custos estejam mais baixos;
  • Para uso individual: o sistema ocupa pouco espaço no imóvel;
  • Para produção em larga escala: seus parques e fazendas não impactam a natureza e requer menos área de instalação;
  • Pouca manutenção de suas centrais e sistemas;
  • Fonte de geração para locais afastados e de difícil acesso.
  • Sistemas possuem alta durabilidade – chegando a 30 anos.

Desvantagens:

  • A capacidade de geração de energia vai depender das condições climáticas;
  • Ainda pouca eficiência no armazenamento – em comparação aos seus pares tradicionais;

Se mesmo assim você ainda não está convencido disso, vamos trazer um dado bem simples: dependendo do tipo de gerador solar instalado e distribuição da energia utilizada, a economia na conta de energia pode chegar a 95%. 

Essa redução de custos, especialmente para as empresas, é um grande diferencial. Afinal, você vai poder converter essa economia em investimento no que realmente é importante no seu negócio.Gostou deste conteúdo? Percebeu que a Energia Solar é o melhor investimento atualmente?

Então, te convido a baixar nosso eBook com as principais opções de financiamento para Energia Solar.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *