Segundo estudo, Energia Solar é mais barata do que se pensava

Todo investimento exige muito planejamento e estudos, para avaliar o custo x retorno. E, quando falamos de energia solar, isso não é diferente.

Essa fonte de energia renovável está ganhando força a cada ano. Entretanto, ainda existe uma certa visão limitada dos benefícios e economia que essa tecnologia pode trazer para os negócios.

Se você está em busca de mais informações, antes de mergulhar no investimento, chegou ao conteúdo certo. Confira mais sobre o tema:

Energia solar: o retorno e economia realmente valem a pena?

Em países como o Brasil, ainda existe muita resistência sobre o tema. Isso porque, se tem a visão de que é um custo estratosférico e totalmente inviável.

E, realmente, há alguns anos era uma realidade para poucos. Porém, com a oferta da demanda e procura aumentando, o mercado começou a se estruturar. 

Mais empresas surgiram, inclusive nacionais, o que baixou consideravelmente o valor anterior.

Além disso, existem no mercado, diversas maneiras de se financiar o projeto, com negociações muito vantajosas. Investimentos no setor e incentivos dos Estados e municípios também começam a ser mais comuns.

Visto isso, a primeira barreira – a do investimento inicial – já pode ser ultrapassada. Porém, é preciso compreender se realmente é uma aposta assertiva e que vai gerar um bom retorno financeiro:

Qual é a real economia gerada pela energia solar?

No último leilão de compra de energia pelo Governo Federal, a energia solar foi a energia que saiu com o menor custo de aquisição.

Mas temos à disposição um recente estudo publicado pelo Departamento de Estratégia Industrial e Negócios (BEIS), diretamente do Reino Unido.

Nesse material, o departamento analisa dados publicados em outra pesquisa de 2016, fazendo comparativos de modo a atualizar o que foi concluído até então. 

Eles avaliaram as informações armazenadas ao longo desses quatro anos. 

No estudo anterior, a economia gerada com as energias renováveis – solar e eólica – ultrapassa mais de 20% (referente a 2013). No que foi publicado esse ano, mostrou uma queda ainda mais impactante: 47% de redução de custos com energia.

E não acaba por aí: segundo o BEIS, se os investimentos com energias limpas continuarem crescendo e o mercado ficar ainda mais competitivo, a notícia fica ainda melhor! 

A economia gerada até 2025 pode ultrapassar mais de 50%.

Ou seja: as fazendas de energia solar e eólica, vão gerar a mesma quantidade de energia, pela metade do preço. Impressionante, não?

A divulgação desse estudo pressiona cada vez mais os países a investirem em alternativas sustentáveis e mais baratas.

Aqui no Brasil, diversos estados já estão com programas de incentivos para a instalação de fazendas de energia solar e também eólica. 

No Brasil, a energia solar tem crescido exponencialmente a cada ano. Mesmo com a pandemia ocasionada pela COVID 19 em 2020, a energia solar cresceu 70% no país. 

E você, o que acha desse assunto? Acredita que a economia gerada pela energia solar é uma realidade, mesmo aqui no Brasil?

Compartilhe conosco aqui nos comentários e contribua com o fortalecimento das fontes de energia renovável no nosso país!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *